Audiência pública - Sambaqui Rio Comprido

O Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville, vulgo MASJ, irá realizar audiência com moradores do bairro Comasa a respeito do Sambaqui Rio Comprido nesta quinta-feira (26/10), às 19 horas na Associação de Moradores do Comasa (Rua Witmarsum, 1088, anexo ao sambaqui).

O objetivo é discutir os problemas existentes atualmente no Sambaqui Rio Comprido, caso da disposição de lixo, processo erosivo, e sugestões para melhorar o uso do espaço - limpeza, área de lazer e horta comunitária.

A audiência integra o Plano de Gestão de Sambaquis, desenvolvido desde 2016, e tem o objetivo de discutir melhores formas de uso do Sambaqui Rio Comprido, um dos maiores sítios preservados em Joinville.

A proposta do projeto é promover a gestão participativa, tendo o envolvimento da comunidade. Essa é a primeira atividade prática realizada dentro do Plano de Gestão de Sambaquis, com a participação do público. O objetivo é expandir essa ação aos dez sambaquis de Joinville.

Além do público local e de integrantes da Associação de Moradores do Comasa, a audiência participativa pretende envolver escolas e igrejas da região, e outros órgãos do poder público, como subprefeituras, Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Assistência Social (SAS), Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud), Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), guarda municipal, Câmara de Vereadores e Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional – IPHAN.


Fonte: Prefeitura de Joinville

Comentários

Postagens mais visitadas