sábado, 24 de dezembro de 2011

Boas Festas

Galera!
Quero agradecer, através deste humilde post, as pessoas que ao longo dessa história que o blog vem construindo, acessam-o, divulgam-o e curtem a fanpage no facebook.

Desejo-lhes um feliz natal, não esquecendo o verdadeiro sentido da comemoração.

Vida!
Assim como uma boa virada de ano, que venha um 2012 com novos desafios benéficos, alegria, amor, paz e um pouco de tranquilidade para todos nós.

Grande abraço!
Thiago Fossile.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O uso de Strophocheilidae

Strophocheilidae (Imagem retirada do GoogleImages)

Devido a uma curiosidade que surgiu ao estar lendo um artigo de André Prous, resolvi fazer este pequeno post.

Olhando a concha, do molusco terrestre, acima vocês pensam em uma utilidade para ela? Pois é...antigamente e até recentemente povos, como os atuais Guayaki do Paraguai, Bororo do Mato Grosso e Xikirn do Pará, utilizam-a para descascar/raspar e polir madeiras, assim como para plainar com o seu gume. Além de ser utilizada como zunidor (instrumento musical) pelos Bororos, entre outros utensílios, como recipientes...

Achei muito interessante. E vocês?

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Regiões litorâneas


Clique na imagem para aumentá-la

Infralitoral: região permanentemente submersa

Mesolitoral: região sujeita as flutuações da maté, submersa durante a maré alta e exposta durante a maré baixa

Supralitoral: Região superior do costão rochoso/praia permanentemente exposta ao ar, onde somente chegam borrifos de água do mar

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A jararaca da Ilha da Queimada Grande - SP

Já faz um tempo que li sobre o assunto, em um artigo publicado na revista Ciência Hoje - A jararaca da Ilha da Queimada Grande - SP. E recentemente o site Oeco fez-me lembrar da situação, e fazer então este post, contendo apenas o artigo (de fácil entendimento) e fotos da região (disponibilizadas pelo Oeco).


sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sambaquis: Baía da Babitonga

Os ocupantes mais antigos do litoral brasileiro foram aqueles povos que construíram os montes de conchas conhecidos como sambaquis (em torno de 5000 anos atrás). A maioria das informações sobre essa sociedade, através do estudo dos remanescentes materiais, é produzida pela arqueologia. Embora a ocupação tenha se dado em toda a costa, não ocorreu de modo similar.
A Baía da Babitonga apresenta grande quantidade de sambaquis, cerca de 150, entretanto há extensas áreas onde não foram desenvolvidas sondagens arqueológicas, havendo assim probabilidade de se encontrar novos sambaquis.
O sambaqui mais antigo da região, o Palmital, é datado de 5.420 anos AP (antes do presente - que por convenção é 1950). Importante ressaltar que somente 16 sítios conhecidos foram pesquisados (ao que sei 11 possuem publicações).
Por terem sido fonte de matéria prima para produção de cal e pavimentação de ruas, muitos foram total ou parcialmente destruídos. As informações importantes destes foram oriundas da observação, registro e coleta de peças durante sua exploração. Guilherme Tiburtius foi responsável por importantes registros sobre sítios nesta situação na Baía da Babitonga.
Há uma grande variedade entre os sambaquis, como por exemplo a sua altura e comprimento. Esta variação aponta diferenças que podem ser atribuídas ao tempo de permanência do grupo naquele local, ou atividades ou funções diferenciadas entre eles.
Na Praia Grande - SFS, em que há grande alinhamento de sambaquis, apresenta registro raro de conchas dentro de uma gruta, parecendo ser uma adaptação de um grupo sambaquiano.
Há sambaquis, em geral baixos e mais distanciados do oceano, cujas conchas não são de moluscos marinhos e sim de rios (fluviais) ou terra, recebendo assim o nome de Sambaquis Fluviais. Caso do Itacoara, nas margens do Rio Piraí - Joinville, SC, que também apresenta ossos de peixes de água doce.
Apesar dessas variações, os sambaquis são constituídos de camadas sobrepostas de conchas e areia entre as quais encontram-se vestígios da cultura material dos sambaquianos. Pela presença destes remanescentes sabe-se que os sambaquis foram locais de moradia, como uma aldeia.
Para a subsistência, os sambaquianos, exploraram vários ambientes e recursos marinhos e terrestres. Os moluscos (berbigão, ostra e bacucu, os mais utilizados) eram coletados, principalmente, nos manguezais e nas águas da baía. Embora tenha-se a impressão de que os moluscos foram alimentos preferidos ao olhar para um sambaqui, os peixes eram os animais mais significativos na dieta alimentar.
O instrumento utilizado para a pesca não era muito diferente do que possuimos hoje em dia (anzóis de osso, agulhas e redes, por exemplo). Aqui uma informação que acho bem interessante, muito provavelmente as embarcações eram importantes nesta atividade, permitindo o deslocamento por distâncias maiores e exploração de ilhas. Estudos nos esqueletos têm indicado a prática de mergulho e remo em algumas populações de sambaquis.
Além da pesca, a caça de animais terrestres foram desenvovlidas por esses povos. O porco do mato parece ter sido o preferido, mas se encontram ossos de uma grande variedade de animais. Mamíferos marinhos também tiveram papel de destaque na subsistência destes povos (combustível e produção de artefatos, por exemplo).
Além de adornos, a pintura corporal ocorria, e pode ser identificada através de fragmentos de rochas friáveis vermelhas com marcas de raspagem e esqueletos humanos pigmentados. Nos sepultamentos, os mortos eram cuidadosamente enterrados, podendo haver acompanhamento funerário, como colares, polidores, batedores e zoólitos (peças de maior apelo estético produzidas pelos sambaquianos, as esculturas em forma de animais, através de trabalhode picotamento e polimento).
Cabe destacar a importância dos vegetais, embora, dificilmente conservem-se, algumas vezes, devido a queima ou encharcamento, preservam-se. No Cubatão há presença de estacas de madeiras e fibras transadas encharcadas, que supõem-se que fizeram parte de estrutura do tipo palafita ou atracadouro. O aproveitamento de vegtetais era grande se considerarmos que estas populações construíam cabanas e embarcações, além de arcos, flechas e arpões.
Na produçaõ de artefatos a técnica mais utilizada era o polimento (Oficina lítica). Uma outra atividade exercida fora do sambaqui é o grafismo (Inscrição rupestre). Somente 4 oficinas líticas na Baía da Babitonga, e nenhuma inscrição rupestre.
O destino destes grupos é completamente desconhecido. Um lado interessante é a presença de esqueletos flechados nas camadas com cerâmica.

Fichamento: BANDEIRA, Dione da Rocha. Povos Sambaquianos: os construtores dos montes de conchas e os mais antigos moradores da Baía da Babitonga. Revista Joinville Ontem e Hoje. Joinville: Câmara Municipal de Joinville, p. 4-9, março. 2005

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Existe posição certa para dormir?

Estava pensando ontem, antes de dormir. "Existe posição certa para dormir?" Comecei a pensar sobre...e decidi desenvolver o presente post.

Especialistas dizem que não só a posição do corpo na hora de dormir, como também a escolha do travesseiro e do colchão de acordo com o biotipo da pessoa e até o ambiente do quarto contribuem para uma boa noite de sono.

ERRADO - desse modo a sua coluna não está reta, e as pernas estão fazendo pressão sobre a própria coluna e a bacia.

ERRADO - ortopedistas só aceitam esta posição quando se está doente. Caso você durma assim há algumas restrições, como os travesseiros acompanharem o formato do pescoço e o colchão moldar todas as curvas do corpo (das costas a bacia)

ERRADO - pois força a região lombar. Nesse caso para que a coluna fique reta, não utilize travesseiro.

E enfim a posição CERTA - deste modo a coluna está segura e a respiração flui com mais facilidade.

CURIOSIDADE: quando ficamos de barriga para cima, a gravidade empurra a língua e a pessoa tem mais chances de roncar ou de ter apnéia (parada respiratória)", explica Lia Bittencourt, médica especialista do Instituto do Sono.

ESTÁGIOS DO SONO
É eu durmo totalmente errado segundo esse, digamos, manual de como dormir corretamente, e você?

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Conhece Joinville?


Foto apresentada por Paulo Ivo Koentopp em sua apresentação na Semana do Biólogo 2011 (autoria do próprio)

sábado, 19 de novembro de 2011

Sexo Emagrece

"Sexo emagrece", você já teve ter ouvido essa frase...procurando algo sobre, achei a seguinte lista, com atividades sexuais, respectivamente com o que pode ser "queimado"

Clique na imagem para aumentá-la

A lista acima, foi retirada do livro:


terça-feira, 15 de novembro de 2011

Woohoo BioNews - Reptilia

A cobra cascavel possui, na extremidade da cauda, vértebras fundidas que formam um chocalho ou guizo, que o animal agita quando está irritado. Cada anel deste guizo está relacionado com uma muda de pele.

As cobras possuem o maior número de vértebras entre todos os vertebrados. Uma sucuri de 10m de comprimento existente no Instituto Butantã possui 311 vértebras.

Na derme existem cromatóforos. São os responsáveis pelas mudanças de cor desses animais, principalmente nos lagartos, como o camaleão, que se protege de predadores.

Nas tartarugas, a placa ventral, o plastrão, serve para proteção, e permite idendificar o sexo desses animais. Plana nas fêmeas e côncava nos machos.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Diferença "anatômica" cerebral




(imagem apresentada no livro "Por que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor")

"ESTAS ILUSTRAÇÕES BEM-HUMORADAS dos cérebros masculino e feminino só são engraçadas porque têm um fundo de verdade. Mas verdade até que ponto? Bem, mais do que se poderia pensar a princípio."

No capítulo 03, o livro examina os mais recentes resultados das pesquisas sobre o cérebro. Você vai abrir os olhos para a realidade. Vale a pena a leitura!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Woohoo BioNews - Amphibia (sapo)

Algumas espécies de sapos possuem na parte superior do testículo o corpo adiposo (reserva de gordura). Entre o testículo e o corpo adiposo existe o órgão de Bidder, que nada mais é do que um ovário atrofiado. Se os testículos forem perdidos ou deixarem de funcionar, este órgão funciona como ovário.

Em laboratórios de pesquisa sua importância é enorme. O sapo macho foi muito utilizado para o teste de gravidez humana, é isso mesmo galera. Para mais info. acesse --> Hertor Escobar - Imagine só (blogEstadão)

Xenopus tropicalis

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Eventos

Essa semana está rolando o Colacmar - Congresso Latino Americano de Ciências do Mar, em Balneário Camboriu. (31/10 a 04/11/11)

E dia 17/11/11 acontecerá o I Seminário sobre sambaquis da Babitonga, na Univille. Com saída de campo dia 19/11/11 conforme flyer.

sábado, 29 de outubro de 2011

Ataque de leopardo em caçador

A agilidade desse animal é impresionante! Vejam

video

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Assuntos em torno da TPM

"Do ponto de vista dos hormônios sexuais, os homens são muito mais simples do que as mulheres. Eles fabricam testosterona cuja produção começa a cair inexorável e lentamente a partir dos 20, 30 anos de idade. As transformações que essa queda provoca no humor masculino são, de certa forma, previsíveis e é por isso que as mulheres dizem que os homens são todos iguais." (Mara Diegoli - site Dr. Drauzio Varella)
Sintomas da TPM são mais intensos, pela atividade atual que a mulher exerce, o que a sobrecarrega, mas não justificam em absoluto atitudes malcriadas, agressividade, brigas, nem perder a paciência e bater nas crianças. ((Mara Diegoli - site Dr. Drauzio Varella)
"A mulher pode não ter TPM se estiver atravessando uma fase boa da vida e a serotonina sendo produzida em quantidade adequada, mas pode apresentar se estiver passando por situações difíceis, como doença na família, dificuldades econômicas, divórcio, pressão no trabalho. Nesses casos, o nível da serotonina, que já deve estar baixo, cairá mais ainda na segunda fase do ciclo menstrual, quando for produzido o hormônio que o derruba mais ainda." (Mara Diegoli - site Dr. Drauzio Varella)

Remédio Caseiro para aftas


Que hexomedine o que? Uma receita infalível contra aftas! Bocheco com leite. É, parece estranho não é? Mas a lógica é simples.
Quando sua boca contém aftas, ela está ácida, fazendo bochecho com leite (que é básico), tende a equilibrar este estado e "curar" a mesma.

É uma receita caseira, já testei e funciona. Não vi nada completamente científico sobre, mas a lógica faz sentido não é?

domingo, 23 de outubro de 2011

A natureza é perfeita

Já devem ter percebido que mamíferos quando nascem, já estão preparados para andar, nadar (no caso de baleias, por exemplo). Por que isso não acontece conosco, homens? A explicação é simples, um bebê ao certo era pra nascer com cerca de 1 ano de idade, mas como a mulher é, digamos que, limitada, a criança nasce com 9 meses, pelo motivo de que com 1 ano o cérebro está bem desenvolvido, portanto não passaria pelo canal destinado ao parto.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Peixes ósseos

Chamados cientificamente de osteichthyes (ostei = osso e ichthyes = peixes) formam a quase totalidade dos peixes encontrados nos mares, lagos e rios. Constituem o maior grupo de peixes em número de espécies, com a maior variedade de formas, cor, tamanho e comportamento.
Referente as suas formas, pode ser chata, redonda, tubiforme, mas geralmente são fusiformes e achatados dos lados (adaptação para nadarem) ou fusiformes e achatados para baixo (adaptação para viver no fundo). As cores são variadas. O tamanho varia desde 10mm de comprimento, que é o caso do Pandoka sp. das Filipinas, até 3,60m do "espadarte" e 3,80m do "esturjão". O maior peixe ósseo brasileiro de água doce é o "pirarucu", habitando a Amazônia, que atinge 2m.

Espadarte
Habitam todos os ambientes aquáticos, e alguns como o "pirambóia" e o "tamboatá" suportam longo período com ausência de água.
Vivem em cardumes ou isoladamente.
Esturjão
Pirarucu

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Woohoo ganhando visibilidade

Olá galera! Venho escrever esse post com o MUITA FELICIDADE.
Depois de o Woohoo estar presente no Face (http://www.facebook.com/pages/Woohoo-De-tudo-um-pouco/136449249775023) e ganhar alguns seguidores (#Curti), hoje o @rebibio em uma das suas atualizações mencionou um post do blog pela segunda vez.


E assim o Woohoo vai ganhando visibilidade, leitores...
Só tenho a agradecer, por todos vocês que compartilham informações sobre o blog.

Anatomia do biólogo


Clique na imagem para melhor visualização

domingo, 25 de setembro de 2011

Woohoo News

Olá galera!
Agora vocês podem acompanhar os posts do blog no Facebook, além de notícias de biologia e afins que estão rolando no mundo.

É bem simples, acesse http://www.facebook.com/pages/Woohoo-De-tudo-um-pouco/136449249775023 e #curti

sábado, 17 de setembro de 2011

Super RG, um jogo ornitológico

(Ilustração de Cássia La Serra, feitas especialmente para o Super RG)

Procurando o som da Saracura para um post no Facebook e um tweet, descubro o site http://www.wikiaves.com.br/ e neste um comunicado de propaganda sobre o Super RG da Reserva Guainumbi, um super trunfo de aves. Achei bem interessante, além de se divertir, dá para utilizar com crianças e/ou adultos na educação ambiental, entre outras idéias que possam surgir. Na compra do produto/jogo, você pode ajudar a reserva a se tornar uma RPPN - Reserva Particular do Patrimônio Natural.

Deem uma olhada no site da Reserva Gauinumbi (Super RG) - http://www.reservaguainumbi.com/superrg.htm

sábado, 13 de agosto de 2011

A trip - “diário” de um dia

Iniciando a trip, sai de BV, passei por Itajubam Piçarras e Penha (praia alegre, quilombo - vista próxima da ilha feia (pode ser um próximo post a história da ilha) -, praia do trapiche, praia do poá, praia grande) ambos já conhecia, exceto a última, que apenas superficialmente.

Depois de uma estrada esburacada, calma em sentido a Navega, encontrei a praia de São Miguel, até o momento a vista mais bela! - Sem asfalto, parece uma cidade bem açoriana tals.

Seguindo viagem..cheguei em Navega, a mais movimentada até agora. Preservação não rima com Nagegantes, mas vivem juntas, mais de 3-4m e 8m de restinga (depende do ponto analisado), não se vê quiosques ao longo da orla, lixeiras espalhadas nas trilhas de acesso a areia da praia.

Rio Itajaíaçú, como obstáculo, e agora? Ferry Boat é a solução! Em Itajaí. Após Atalaia e Bico do Papagaio, próximos destinos em Itajaí - cabeçudas, e brava, aproveitar e ver o swell - preservada. Kiwi, Warung e Galera’s como diversão, A DIVERSÃO né? kkkkk.

Almocei na Petisqueira Cabeçudas - lugar bom, a kr, agora Bal. Camboriu p/ finalmente pegar a Interpraias - destino principal.

Por dentro de Itajaí, peguei uma rodovia e cheguei em Balneário - movimentada e cheia de prédios como sempre.

Informações pra cá e outras pra lá, pegamos a Interpraias. Laranjeiras é noix! Taquaras - além de ser movimentada, há uma área de restinga preservada. Praia do Pinho, nudez? \o/ deixa pra outra hora, mas uma espiadinha, não faz mal a ninguém né? :D Há áreas de adaptação.

Estaleiro: bonito visual e bem menos movimentada que as outras. Estaleirinho, o nome diz tudo. Terminei em Itapema - andar na trilha e uma queda ao menos.

Durante esta trip percebi que o surf está presente em todas as praias, não importa o tamanho das ondas, além disso a maioria das praias tem-se um certo cuidado e concientização pela natureza, bom sinal aos meus olhos.

Praia do Pinho

Bico do Papagaio

Praia do Pinho 2

Abstinência tecnológica

DO TUMBLR: http://thifossile.tumblr.com/ - Dia 29/01/11
-------------------
Que hoje vivemos em um mundo de tecnologia, todos sabemos e que a nossa dependência com essa é enorme, também sabemos.

Hoje, 29/01/11, no momento da chuva titular de Joinville, desliguei todos os equipamentos eletrônicos e tals. Foi apenas uma meia hora de chuva, até parar a trovoada quero dizer. Durante esse momento, fiquei aguniado, me sentindo que não tinha nada para fazer, então, bem pensado, fui ler uma revista - três opções no meu quarto, Hardcore, AlmaSurf e Science American. Pensei um momento e peguei as duas primeiras, ambas relacionadas a surf. Li uma reportagem do Rob Machado, que foi viajar só, e essa aventura virou filme, “O Errante”. O texto é escrito por ele mesmo, e fui obrigado a concordar, parecia o meu momento. Por cima ele escreve que vai viajar está uns 7 dias sem ver os seus emails, postar algo no Facebook e afins… (estava me sentindo assim, com apenas 30min) lá pelo fim da reportagem, diz que está voltando para casa, mas ele não tinha mais casa e viver a vida dele, mas qual a sua vida? e coisas do tipo, mas a frase que me fez pensar realmente foi (+ ou - assim): “não estou voltando para casa e sim para usar a internet, mesmo mudando de idéia sobre ela….”. A nossa amiga de todo dia (internet) causa deficit de atenção e sites sociais, não merecem em si o nome que tem, pois “acabam” com a vida social das pessoas. Resumindo, a internet é um vício e não conseguimos viver sem. Rob comenta ainda que hoje em dia existe clínicas especializadas para viciados em internet, é mole?

Viva ou não, a internet é nossa parceira \o/

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Woohoo News

  1. Os ciclos femininos estão relacionados com a lua
  2. Há indícios de que nossos dentes possam/foram escamas antigamente
  3. Pelas escamas pode-se identificar a idade/sp. Como nos anéis das árvores (achei massa isso) http://aquariofilia.org/wp-content/uploads/2010/06/idade-dos-peixes.bmp
  4. Um peixe que acho interessante é o linguado! http://static.infoescola.com/wp-content/uploads/2011/04/linguado.jpg (camuflagem, modificação morfológica)
  5. O Atum possui 2 tipos de musculatura (pode-se observar nas latas do mesmo), 1 influência na propução/velocidade do animal

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Por que temos, uma quantia considerável de, espinhas nas costas?

Ao tomarmos banho, mais expecificadamente ao lavarmos o cabelo, o shampoo e o condicionador escorrem pelas costas, levando consigo a oleosidade, criada pelos mesmos. Essa oleosidade, faz com que desenvolvá-se as espinhas. Por isso, a sequência/direção certa ao tomar banho deve ser: cabeça-pé. Até por motivos de higiene, pois a sujeira é levada da cabeça ao pé (chão).

Faz toda lógica, não faz?
Abraços a todos!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Sapo, perereca e rã

Sapo: são rugosos (pele) e tem bolsas nas laterais, contendo um "leite", para proteger-se dos predadores (provaca irritação quando colocado na boca).

Rã: são lisas e vivem no chão
Perereca: possuem discos nas "mãos", com estes elas sobem em árvores e etc.

terça-feira, 12 de julho de 2011

As tartarugas vistas de perto - Litoral Brasileiro


Tartaruga-de-couro ou gigante
Nome científico: Dermochelus coriacea
É a tartaruga grandalhona, chega a pesar 700 quilos. A maior já encontrada no mundo tinha 2 metras e meio de comprimento. Não apresenta casco de queratina como as outras tartarugas, e sim uma pele fina e resistente, por isso recebe esse nome. Alimenta-se de "guloseimas" gelatinosas, como àguas-vivas e medusas, caçadas em grandes profundidades. É a tartatuga mais ameaçada no Brasil e também uma das mais raras no mundo

Tartaruga-cabeçuda ou mestiça
Nome científico: Caretta caretta
Recebe este nome, por ter uma cabeça grande mesmo. Não é a das maiores, fica entre 100 e 180 quilos, mas alimenta-se bastante: moluscos, carangueijos e mexilhões. Vive em alto mar, perto da superfície, mas, quando adulta, aventura-se em nadar mais fundo, entre 20-25m de profundidade.

Tartaruga-verde ou aruanã
Nome científico: Chelonia mydas
Comum em todo o território brasileiro. Tem, em média, 1,5m de comprimento, pesa cerca de 200 quilos e vai mudando de hábitos ao longo da vida.
Filhote - alimenta-se de tudo, adora carne
Juventude - vira herbívora e passa a nadar também em águas mais frias.
É a menos ameaçada entre as presentes no Brasil, pois coloca seus ovos em ilhas afastadas da costa - Atol das Rocas, Fernando de Noronha e Trindade.

Tartaruga-de-pente, verdadeira ou legítima
Nome científico: Eretmochelys imbricata
Vive nos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico, sempre em águas quentes e rasas - por isso é a que mais tem interação com os humanos e a mais ameaçada. Come esponjas, anêmonas, lulas e camarões. Chega a 127 quilos e 114 centímetros de comprimento, tem duas unhas, como garras, nas nadadeiras.

Tartaruga-oliva
Nome científico: Lepidochelys oliviacea
É a menor das presentes no Brasil. Com peso até 60 quilos e apresenta um casco verde-acizentado de menos de 1m. É a mais ligeirinha para ter filhos, entre 11 e 16 anos, já bota ovos. Gosta de águas rasas e comer peixes, moluscos, crustáceos, águas vivas e, de vez em quando, algas. Está mais ameaçada no Brasil, do que em outra parte do mundo.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

O que importa para viver bem
























Fonte:
Revista Época
- Clique na imagem para ampliá-la!

"O que importa para viver bem

O psicólogo Martin Seligman afirma que a felicidade é só um dos elementos responsáveis por nosso bem-estar. Conheça os outros"

Cérebro maduro

Fonte: Revista Época - Saúde & Bem Estar
Clique na imagem para ampliá-la!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Quem você é? - Para pensar!

E mais uma vez, não consigo colocar o vídeo aqui, em uma visualização acessível! (reclamação)
Segue o link do vídeo - http://www.youtube.com/watch?v=P3NpHryB-fQ&feature=player_embedded - este passa uma mensagem de quem realmente você é no mundo. Não se ache, dizendo, "você sabe com quem está falando?".

Espero ter dado uma boa mensagem a vocês.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Glândula ou olho pineal

Situada próximo ao centro do cérebro, entre os dois hemisférios. Esta 05 mm de diâmetro e fixada por meio de hastes. Tem forma ovóide e lembra um caroço de azeitona. O interesse pela glândula é bastante antigo, sendo estudos datam 300 anos antes de Cristo. René Descartes (1596-1650) a estudava e atribuía-a a função de sede da alma.

De lá pra cá, estudos diversos foram feitos. Muitos estudiosos crêem que ela seria simplesmente um órgão vestigial (que não tem função atualmente). Porém acha-se que, contribui no equilíbrio dos ciclos considerados vitais (sono, e na regulação dos esforços sexuais e reprodutivos). Ainda com estes estudos, se descobriu que a glândula pineal apresenta metabolismo intenso e grande captação de substâncias como aminoácidos, fósforo e iodo.

O funcionamento desta glândula está diretamente relacionado à luminosidade que atinge os seus receptores celulares na retina e que trafegam pelo sistema nervoso central passando pelo núcleo supraquiasmático (nosso relógio biológico. O núcleo orienta as funções de todo o corpo por meio da glândula pineal, sempre obedecendo à luminosidade - http://super.abril.com.br/superarquivo/2000/conteudo_118115.shtml).

“Algumas experiências realizadas com roedores indicam que esta glândula pode exercer profunda influência sobre a performance de drogas como a cocaína, e de antidepressivos, especialmente a fluoxetina, no organismo.” (INFOESCOLA)

Acredita-se que é uma espécie de terceiro olho atrofiado (Oriente, Paleontologia, Zoologia – há indícios, como pode-se verificar na texto http://www.portalbrasil.net/educacao_seresvivos_vertebrados_peixes.htm)

FONTES e para um estudo mais apurado:

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Plantas do Pico Araçatuba


Segundo o João Melo Jr, professor de botânica, isto é tóxico! Não pode comer.



Planta Carnívora - pelos de absorção (possível verificar na imagem)

sábado, 4 de junho de 2011

O Brasil conseguiria seguir bem assim?

Sobre esse "caos" que está encima de um livro, cujo autora propõe que os professores não cobrem certos erros de português.
Na minha opinião, está errado e certo ao mesmo tempo. Calma vou explicar.
  • Trezentos gramas de queijo | Trezentas gramas...
Está errado certo? Pórem, é "aceitável", mas há momentos que não há como aceitar, por exemplo,
  • nós fomo no shopping
Chega a ser algo feio, e se a criança aprende assim, ela não vai mudar, ou dificilmente mudará seu aprendizado/costume.
De certo modo esse tipo de educação mexeria com o Brasil inteiro, nacional e internacinalmente, falando - zuações, entre outras coisas.

O que acham sobre o assunto? Comentários são bem vindos (por aqui ou pelo @thifossile)

quinta-feira, 2 de junho de 2011