domingo, 26 de dezembro de 2010

Férias 2010

Olá galera, estou sumido nos posts né? Agora estou de férias e terei contato apenas no ano que vem com a internet, portanto, em janeiro irei postar algo legal pra vocês ai, prometo!
Desejo um bom final de ano a todos que leem e visitam o blog, muita paz, festas, felicidade.

Acessem também:

Diversidade.com

@thifossile

sábado, 20 de novembro de 2010

Comportamento animal

Há alguns dias aqui em casa (garagem) pousou um enxame de abelhas. Foi muito curioso ver o comportamento delas, desde quando chegaram voando até quando foram embora.
Quando chegaram, nos causaram um susto e curiosidade: "O que é isso??? :S" Depois descobrimos através do vidro da frente de casa que eram abelhas (ajuda da mana).
Pensei que iam construir uma colméia na garagem. Minha mãe queria botar fogo nelas, mas eu como um biólogo iniciante, contive a idéia e fui falar com a Profª Denise Mouga, uma vez que ela trabalha com abelhas, mais expecificadamente as nativas.
A Mouga comunicou que era temporada de migração delas, então, poderiam estar só de passagem ou iam se hospedar aqui em casa por um bom tempo (dai era pra procurar a Apiville para retirá-las - já fica a dica caso aconteça isso na sua casa).
Acompanhei os dias que ficaram aqui em casa, segue abaixo as fotos tiradas:
Fixacão das abelhas na garagem
Uma boa quantia das abelhas saiu para o novo lugar (elas selecionam um local, e vão parando em alguns lugares para rebolsar, aqui em casa foi um dos lugares a ser parado)
saída quase total das abelhas - no outro dia não tinha mais nenhuma no local.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Tecido Epitelial e Conjuntivo

TECIDO EPITELIAL

· Constituído de céls. Poliédricas justapostas, com pequena quantidade de matriz extracelular. Tem como função o revestimento de superfícies, absorção de moléculas, secreção, percepção de estímulos e contração

· Aprox. todas as céls epiteliais estão apoiadas sobre um tecido conjuntivo.

o Lâmina própria: nome do T.C quando epitélios revestem órgãos ocos

o Porção apical: porção da cél epitelial voltada para o tecido conjuntivo

· Lâmina basal: estrutura na superfície de contato entre céls epiteliais e o tecido conjuntivo. Só pode ser vista através de microscopia eletrônica. Os componentes principais são: colágeno IV, as glicoproteínas (laminina e entactina) e proteoglicanas. Tendo como funções o papel estrutural e a filtração de moléculas e ainda podem influenciar a polaridade da célula; regular a proliferação e diferenciação celular; servir como caminho e suporte para migração de células.

· Membrana basal: junção de duas lâminas basais ou uma lâmina basal e outra reticular. Camada situada abaixo dos epitélios. Visível através de microscopia de luz.

· Núcleo: critério fundamental para classificação dos epitélios; a sua forma acompanha o formato da célula.

· Junções intercelulares: locais de adesão da membrana de céls vizinhas para formar e manter os diversos tecidos e órgãos.

o Zônulas de adesão: aderência entre células

o Desmossomos: em forma de disco; presente na superfície de uma célula

o Zônulas de oclusão: efeito selador; mantém as células vizinhas tão encostadas que impede a passagem de moléculas entre elas

o Junção comunicante: podem existir em qualquer local das membranas laterais das células epiteliais; integração das funções celulares

· Tipos:

o Revestimento: camadas de céls que cobrem a superfície ou revestem as cavidades

§ Epitélio Simples: uma camada de céls

· Pavimentoso: endotélio e mesotélio

· Cúbico: revestimento do ovário

· Colunar/Prismático: intestino

· Pseudo-estratificado: vias respiratórias

§ Epitélio Estratificado: duas ou mais camadas de céls

· Pavimentoso: pele

· Prismático: olho humano

· Transição: bexiga; ureteres

· Cúbico: gland. Sudoríparas

· Úmido: boca; estômago vagina *-* e canal anal

o Glandular: constituído por céls especializadas em secreção

· Especializações da superfície livre

o Microvilos: parecem dedos de luvas; Ex: intestino e rins

o Estereocílios: região apical das céls; Ex: epidídimo e canal deferente

o Cílios: estruturas móveis, móveis e grande quantidade; Ex: cél da traquéia

o Flagelos: espermatozóides

2) TECIDO CONJUNTIVO

· Células do T.C:

o Fibroblastos: prod. De fibras e subst. fundamental

o Macrófagos: secreção de citocinas e outras moléculas para outras céls

o Mastócitos: liberação de moléculas farmacologicamente ativas

o Plasmócitos: prod. anticorpos

o Adiposas: estocagem de gordura neutra

o Leucócitos: prod. De céls imunocompetentes

· Frouxo: suporta pressão e atritos pequenos, flexível, pouco resistente a trações, formados pelos constituintes básicos;

· Denso: adaptado para oferecer mais resistência e proteção aos tecidos, menos flexível, mais resistente, denso, predomina fibras colágenas.

· Fibras colágenas: formadas por colágenoà este possui mais de 20 tipos.

o Colágeno I: mais abundante; são de cor branca; resistentes a trações

§ Ex: tendões e ligamentos, por exemplo.

o Colágeno V: ocorre em peq. Quantidades; associado com o tipo I para formar fibrilas.

§ Ex: tecidos fetais, pele e ossos, por exemplo.

o Colágeno XI: encontrado em cartilagens hialinas e elásticas; participa da estrutura das fibrilas colágenas.

o Deficiências do colágeno:

§ Escorbuto

§ Doenças cutâneas

§ Inflamação nas juntas

§ Rigidez muscular

§ Má formação óssea

§ Osteogênese imperfeita

· Fibras Reticulares: formadas pelo colágeno do tipo III; encontrada no TC frouxo; característica comum com as colágenas: fibras estriadas só q + delgadas e finas

· Fibras elásticas: distintas das colágenas; formada por elastina.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

THE BEST OF JOÃOZINHO

Irritado com seus alunos, o professor lançou um desafio.
Aquele que se julgar burro, faça o favor de ficar de pé.
Todo mundo continuou sentado.
Alguns minutos depois, Joãozinho se levanta.
- Quer dizer que você se julga burro? - perguntou o professor, indignado.
- Bem, para dizer a verdade, não! Mas fiquei com pena de ver o senhor aí, em pé, sozinho!
---------------------------------------------------------------------------------------------

O pai do Joãozinho ficou apavorado quando este lhe mostrou o boletim.
- Na minha época as notas baixas eram punidas com uma boa surra.
- Legal pai! Que tal pegarmos o professor na saída amanhã?
---------------------------------------------------------------------------------------------

Na escola, a professora explica: Se eu digo "fui bonita" é passado.
Se digo "sou bonita" o que é Joãozinho?
- É mentira...
---------------------------------------------------------------------------------------------

Na aula de noções de medicina, a professora pediu para os alunos trazerem instrumentos utilizados em um hospital.
- Cíntia, o que você trouxe?
- Um bisturi.
- Quem deu pra você?
- Minha mãe.
- E o que ela falou?
- Falou que serve pra cortar a pele!
- Ah, parabéns!
- Vinícius, o que você trouxe?
- Uma seringa!
- E quem deu pra você?
- Meu pai!
- O que ele falou?
- Falou que serve para aplicar injeção!
- Meus parabéns!
- Kiko, o que você trouxe?
- Um termômetro!
- Quem foi que deu?
- Meu tio.
- E o que ele falou?
- Falou que serve pra medir a temperatura.
- Ótimo.
- E você, Joãozinho, o que é essa bola embaixo do seu braço?
- Isso e um balão de oxigênio!
- E quem deu pra você?
- Eu peguei da minha vó!
- O que ela falou?
- D-E-V-O-L-V-E... D-E-V-O-L-V-E-E-E-E-E... D-E-V-O-L...
---------------------------------------------------------------------------------------------

Durante o jantar, Joãozinho conversa com a mãe:
- Mamãe, porque é que o papai é careca?
- Ora, filhinho... Porque ele tem muitas coisas para pensar e é muito inteligente!
- Mas mamãe... Então porque é que você tem tanto cabelo?
- Cala a boca e come logo esta porra de sopa, menino!
---------------------------------------------------------------------------------------------

A professora de uma escola primária mandou que os seus brilhantes alunos escrevessem uma redação, onde fossem tratados os seguintes temas:
1. Monarquia
2. Sexo
3. Religião
4. Mistério
Quem terminasse, estaria dispensado e poderia voltar para casa. Passados míseros segundos, Joãozinho levanta a mão e diz que terminou. A professora, sem acreditar, pede que leia a sua redação. Ele levanta e diz:
"Mandaram a rainha tomar no cú. Meu Deus! Quem terá sido?"
---------------------------------------------------------------------------------------------


Era o dia do exame final. O Joãozinho ia ser examinado pela professora em prova oral, e a professora, que era nova na escola, iria ser observada pelo diretor. Sentam-se a Professora e o Joãozinho, um de frente para o outro, e o Diretor ficou em pé, atrás do menino.


A professora pergunta:

- Joãozinho, o que D. Pedro I disse quando proclamou a independência do Brasil? (nisso a professora derruba o lápis, e abaixa-se para pegar).

Quando a professora se levanta, pergunta:
- E, então, Joãozinho o que ele disse?
- Peitinhos maravilhosos!
- Não é nada disso! Zero! - diz a Professora, nervosa.

O Joãozinho vira-se pro diretor:
- Pô, se não sabe, não SOPRA!!!

Mais uma de biologia - Algas

Hoje decidi falar um pouco sobre as algas, mais especificamente de sua reprodução!
Vamos lá galera...
Para algas temos a reprodução assexuada que se resume em:
  • clonagem; vegetativa; bipartição. brotamento e regenetariva
Já a reprodução sexuada se resume em:
  • singamia (fusão de células) + cariogamia (reunião de genomas)
Referente ao ciclo de vida das algas, temos algumas classificações.
  • isogamia: quando gametas são iguais
  • heterogamia: quando gametas são diferentes
dentro da heterogamia temos mais algumas classificações:
  • Anisogamia: gametas flagelados e com tamanhos diferentes
  • Oogamia: gameta masculino é pequeno e flagelado, se chamando anterozóide, e o gameta feminino é grande e sem flagelo, se chamando oosfera.
Os tipos de ciclos são mais complexos para se entender, então vou fazer um esquema abaixo (foto)



quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Mamíferos marinhos

MAMÍFEROS MARINHOS:
  • Ordem Carnivora: lontras, urso polar, lobo marinho e as morsas
Contem cinco famílias: Otariidae, Phocidae, Odobenidae, Mustelidae e Ursidae.
*Otariidae: leões marinhos: possuem membros anteriores desenvolvidos, ou seja, mariores; podem ficar "em pé"; e possuem orelhas externas o que os diferencia dos Phocidae. Sua locomoção em água utilizam dos membros anteriores para dar impulsão. Já para a locomoção em terra utilizam os 4 membros juntamente com o movimento de pescoço.
*Phocidae: focas: são rolisas; membros anteriores são pequenos e ficam deitadas na superfície terrestre. Sua locomoção em água é realizado pelos membros posteriores. Já em terra se locomovem através de ondulações.
*Mustelidae: em água se locomovem pelo movimento ondulatório pélvico e em terra sua locomoção é quase nula, usam os 4 membros .

  • Ordem Cetacea: odontocetos (presença de dentes) e misticetos (presença de barbatanas)
Aproximatamente tem-se 78 espécies. É dividida 3 subordens - Odontoceti, Misticeti e Archaeocete (extinta).
*Odontocetos: possuem crânio telescópico; são assimétricos, ou seja, lado direito é igual ao esquerdo; possuem rostro (tipo de um bico) e um orifício respiratório
*Misticetos: como os Odonto apresentam crânio telescópico, o seu rostro de difere dos Odonto pelo fato de ser arqueado para acomodar as barbatanas

  • Ordem Sirenea: peixe-boi
Um dado interessante sobre os mamíferos marinhos são os seus sons, vou representar um esquema abaixo:

Infrasom - Audível (20hz até 20 KHz) - Ultrasom
No Infrasom: os misticetos se comunicam a longas distâncias
No Audível: nós escutamos e nos comunicamos
No Ultrasom: odontocetos e morcegos (que não é um mamífero marinho) fazem ecolocalização, como o próprio nome diz, localizam as coisas através do som transmitido.

Outro dado interessante é a sensação tátil desses animais:
*Cetáceos: torno dos olhos; rostro ("bico"), mandíbula e o melão (estrutura que utiliza para emitir os seus sons, localizado bem na cabeça, no local onde seria uma testa nossa (para fácil entendimento)
*Pinípede: grupo que representa as focas, leões marinhos e morsas: possuem vibrissas, uma estrutura tátil inervada
*Sireneos: peixe boi: pêlos/pelos
*Mustelideos: lontras: também possuem vibrissas

IMAGENS:



OBS: as fotos presentes neste post, foram tiradas da internet!
  • PRÓXIMO POST: Anfíbios Anuros! Até mais galera, espero que gostem deste!

domingo, 12 de setembro de 2010

Pesquisa aponta...??

1825

é o número de vezes que as mulheres inglesas pensam em sexo por ano, segundo pesquisa.

4745

é o número de vezes que os homens pensam em sexo durante o ano, segundo mesma pesquisa

104

é o número de vezes que eles conseguem fazer sexo

que tristeza cara :(

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Interessante!


-->
Hoje vou falar de uma das melhores coisas da vida, o sexo, mas não diretamente. Quando você lê o jornal e vê aquela propaganda “Sexo é vida”, siim isso é verdade! O propósito deste post é colocar informações que popularmente, não se saiba, pelo menos a maioria, não saiba, então vamos a ele!
Um professor de biologia que deu aula para mim no ensino médio, disse uma vez, que podia descobrir quem e quando uma menina está fértil. Resumidamente é isso, quando a menina/mulher está com a bochecha rosada, ela está fértil. Pode-se perceber que a mulher estando em tal situação, os homens a olham frequentemente, chamando a atenção deles. Usando um pouco de lógica, tá explicado o porquê as mulheres usam o tal blush, para que todos os olhares estejam direcionados a ela.
No dia-a-dia eu soube de outras coisas, relacionado a mulheres, mas não tinha uma fonte como base, agora eu tenho (Livro Monogamia sem monotonia – PhD Rachel Copelan), as mulheres ao beijar ou serem beijadas, pelo seu ficante, namorado, noivo ou marido, na maioria das vezes, sem querer e perceber imagina o pênis, do próprio, introduzindo-se no seu órgão sexual, a vagina. Por isso os primeiros beijos do casal, não podem ser de qualquer jeito, e são muito importantes para que esse relacionamento de continuidade. Só para complementar, a criação e o amor transmitido dos pais a pessoa, interfere diretamente, em sua vida amorosa. Mais ou menos seria isso, será bem sucedido, quem receber muito amor e carinho de seus pais!

Bom, acho que esse post, foi interessante para ambos os sexos. Espero ter agradado a todos. Não se esqueçam de deixar suas sugestões.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Diferença que faz a diferença

Dados científicos provam que mulheres e homens se diferenciam geneticamente por apenas 0,05% à 0,02%. Vamos dizer que é uma diferença no minímo interessante, pois numéricamente é considerada de valor baixo, mas na prática faz a grande diferença, não é?

Mulheres possuem seios, homens não (com tanta aparência);

Mulheres “fazem” várias coisas ao mesmo tempo, homens fazem uma coisa bem feita em um determinado tempo, ou seja, para não arranjar briga com as mulheres que leiam esse post, os homens não fazem várias coisas ao mesmo tempo;

Dizem que os homens são melhores para atuar na área de Engenharia e mulheres não (eu não concordo);

entre outras diferenças que constantemente observamos no dia-a-dia.

sábado, 10 de julho de 2010

Criação do Homem - história hipotética, mas interessante

DEUS CRIOU O BURRO E DISSE:

Trabalharás incansavelmente de sol a sol, carregando fardo nos lombos. Comerás capim , não terás inteligência alguma e viverás 60 ANOS. SERÁS BURRO

O BURRO RESPONDEU: Serei burro, mas viver 60 ANOS é muito, Senhor. Dá-me apenas 30 ANOS Deus lhe deu 30 ANOS.

DEUS CRIOU O CACHORRO E DISSE:

Vigiarás a casa dos homens e serás seu melhor amigo. Comerás os ossos que ele te jogar e viverás 20 ANOS. SERÁS CACHORRO

O CACHORRO RESPONDEU: Senhor, comerei ossos, mas viver 20 ANOS é muito. Dá-me 10 ANOS. Deus lhe deu 10 ANOS.

DEUS CRIOU O MACACO E DISSE:

Pularás de galho em galho, fazendo macaquices, serás divertido e viverás 20 ANOS. SERÁS MACACO

O MACACO RESPONDEU: Senhor, farei macaquices engraçadas, mas viver 20 ANOS é muito. Dá-me apenas 10 ANOS. Deus lhe deu 10 ANOS.

DEUS CRIOU O HOMEM E DISSE:

Serás o único ser racional sobre a face da Terra, usarás tua inteligência para te sobrepores aos demais animais e à Natureza. Dominarás o Mundo e viverás 30 ANOS.

O HOMEM RESPONDEU: Senhor, serei o mais inteligente dos animais, mas viver 30 ANOS é muito pouco. Dá-me os 30 ANOS que o BURRO rejeitou, os 10 ANOS que o CACHORRO não quis, e também os 10 ANOS que o MACACO dispensou.

E ASSIM DEUS FEZ O HOMEM...

Está bem... Viverás 30 ANOS como HOMEM.

Casarás e passarás a viver 30 ANOS como BURRO, trabalhando para pagar as contas e carregando fardos.

Serás aposentado pelo INSS, vivendo 10 ANOS como CACHORRO, vigiando a casa.

E depois ficarás velho e viverás mais 10 ANOS como MACACO, pulando de casa em casa, de um filho para outro, e fazendo macaquices para divertir os NETOS...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Vídeos no youtube, sites novos, google tradutor e gírias

Olá!

hoje escreverei sobre o que se encontra no título do post…é uma lógica, mas to com preguiça de escrever tudo de volta e também o que eu já escrevi ia ter dado o que está escrito no título, mas não importa.

Vídeos no youtube esses dias na faculdade perguntaram para mim e mais uns amigos se passavamos o dia assistindo vídeos no youtube, será que eu que sou sem cultura ou é ela? Poxa não conhecer alguns vídeos legais do Youtube é para acabar no mundo moderno em que vivemos não é?? (brincadeira ein amiga*)

Sites novos sempre aparecem e como experimentá-los?? Só entrando neles felizmente algumas vezes acertamos e entramos em sites que tem futuro como…deixa para lá, mas infelizmente também já que as vezes os sites são uma M e não é M de maravilha não, na verdade é pq maravilha começa com M, mas vcs entenderam.

Google tradutor quem nunca usou amigo?? Não sei pq eu uso já que as vezes da para traduzir ali na hora sem ter o trabalho de abrir uma nova aba e escrever o site e escrever o que está escrito (CTRL + C) ou pior quando não da para copiar e temos que escrever mesmo…mas é uma ferramenta que ajuda pouco, na verdade quase nada! Aprenda inglês mesmo é melhor :D

E as gírias são engraçadas esses dias descobri uma nova a tal “fica pianinho” que é para ter o significado de ficar quieto, mas piano faz barulho não tem nexo, mas mesmo assim pegou aqui na faculdade…espero aprender gírias novas com o pessoal que veio de SP, esses sim são os caras para aprender, dizem que eles até tem dicionário próprio para gírias AHUAHUAH vai saber!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Hilariante


Tente falar auto e em bom tom a cor e não o que está escrito!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Desculpem

Devido ao fato de estar bem ocupado com atividades da faculdade, fiquei um bom tempo sem postar.

Vou procurar escrever mais frequentemente agora!

Grato, pela atenção e colaboração de todos.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

sexta-feira, 28 de maio de 2010

PROTEÍNAS E SUAS ESTRUTURAS: Secundária, Terciária e Quaternária.

As proteínas são as macromoléculas constituídas por unidades, chamadas de aminoácidos, 20 tipos básicos, e concluem cerca de 50% do peso seco das células. Existem diversos tipos de proteínas, sendo essas especializadas em alguma função biológica. A complexidade das proteínas depende da posição e quantidade dos aminoácidos ao longo da sua cadeia, fazendo com que elas de diferenciem uma das outras e assim determinando suas respectivas funções.

Os aminoácidos que estão presentes nas proteínas se encadeiam pelas ligações peptídicas. Uma ligação peptídica é a união do grupo amina (-NH2) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) do outro aminoácido, formando uma amida, liberando uma molécula de água.

Como as proteínas possuem uma grande variedade de funções são divididas em Estruturais e Dinâmicas.

  • Estruturais: por exemplo, o colágeno e elastina que promovem a sustentação estrutural da célula e dos tecidos;
  • Dinâmicas: transporte (ex: hemoglobina), defesa, catálise de reações, controle metabólico, enzimáticas e contração.

Proteína Secundária: Linus Pauling (1901-1994) e Robert Corey (1897-1974) através de processos químicos fundamentais e algumas observações experimentais, predisseram a existência das proteínas secundárias, em 1951. Essa estrutura além de possuir ligações peptídicas, como as primárias, apresentam pontes de hidrogênio. Seus tipos mais comuns são a alfa-hélice (helicoidal) e a folha-Beta (pregueada).

Anexo: alfa-hélice e folha-beta.

Proteína Terciária: Se forma apartir do dobramento da estrutura secundária sobre si mesma, mas especificamente da hélice e a folha, obtendo formato arredondado. Além de conter ligações peptídicas e pontes de hidrogênio, há a ligação dissulfeto (ligação entre moléculas do aminoácido cisteína), que são formadas por átomos de enxofre. Caracteriza-se por ter interações de longas distâncias entre aminoácidos, ao contrário das secundárias.

Estrutura terciária – com legenda.

Proteína Quaternária: Modo de junção das cadeias polipeptídicas, conhecidas como subunidades ou monômeros, para formação de uma molécula protéica. As subunidades são ligadas por uma grande quantidade de reação químicas fracas, como é o caso das pontes de hidrogênio. Um exemplo é a Hemoglobina que é formada de quatro subunidades terciárias.

Estrutura quaternária da Hemoglobina.

Dinoflagelados - Divisão Pyrrhophyta

A maior parte dos dinoflagelados são organismos unicelulares biflagelados. Atualmente são conhecidas de 2000 a 4000 espécies, muitas delas tem grande importância no plâncton marinho. Alguns vivem em ambientes marinhos e outros em águas doces. Podem ou não apresentar aparato fotossintetizante, os que não possuem ingerem partículas sólidas ou absorvem compostos orgânicos dissolvidos, mas os fotossintetizantes por sua vez também podem se alimentar dessa maneira, alguns dinoflagelados possuem uma estrutura tubular para sugar matéria orgânica para a célula.

Dinoflagelados pigmentados geralmente vivem dentro de outros organismos, por exemplo, algas vivas, polvos, lulas, entre outros. São essenciais para a vida de alguns corais, produzindo glicerol, essencial para a respiração do coral.

Quando as condições não são favoráveis aos dinoflagelados (falta de nutrientes) formam cistos de resistências e assumem características bênticas até a mesma se estabilizar novamente. Em condições favoráveis como grandes concentrações de nutrientes (muitas vezes causados pelo homem, principalmente por despejo de esgoto), temperatura superiores a 5ºC (se forem inferiores a 4ºC os dinoflagelados sobrevivem sob forma de cistos), e alteração na salinidade da água (que ocorrem geralmente em períodos chuvosos) e a quantidade de luz, fazem com que os dinoflagelados se aflorem e possuem uma facilidade para a sua reprodução, sendo essa sexuada, através de formação de gametas ou assexuada através de divisão binária simples. Essa reprodução em grande escala faz com que os organismos basicamente se encontrem e formem a maré vermelha. A coloração avermelhada da maré se da pela concentração destes organismos que chegam a atingir uma escala superior a 106 células/litro.

Estima-se que a maré vermelha seja antiga, há relatos desse fenômeno no Velho Testamento (Bíblia Sagrada). Segundo literaturas a ocorrência deste só tende a crescer, visto que em 1990 houve duas vezes mais ocorrências do que em 1970.

O fenômeno conhecido como maré vermelha recentemente foi contestado e poderá receber um novo nome, representado pela sigla FAN (Floração de Algas Nocivas), pois nem todos apresentam pigmentos avermelhados, formando um conjunto de microorganismos que produzem toxinas. O período de proliferação deste pode ocorrer em qualquer época do ano. A duração depende de fatores externos, como correntes marítimas e incidência solar. Pode durar uma semana, ou até mesmo dois meses. Os organismos mais atuantes na FAN são o Gymnodinium breve e Gonyaulax catanella. Os dinoflagelados envolvidos neste acontecimento liberam toxinas que em humanos causa danos respiratórios, neurológicos e gastrointestinais, a contaminação pode ser adquirida através do contato com a água ou pelo consumo de organismos como mexilhões, vieiras, ostras, ambos contaminados. O impacto ambiental deste fato pode obter grandes proporções, uma vez que atua no ciclo alimentar aquático, por exemplo, os golfinhos Bottlenosed consomem o peixe chamado Menhaden contaminado pelas toxinas, esse ciclo levou a queda da metade dos golfinhos do atlântico ocidental. Outro exemplo de impacto são os de microorganismos, como as Pfiesteria piscicida, que são responsáveis pela mortandade de peixes e de aves que os consomem.

Os danos causados pela FAN são importantes principalmente por duas razões: do ponto de vista sanitário e médico, porque podem levar à morte juntamente com o ponto de vista social, pelos inúmeros prejuízos econômicos que causam nas empresas do setor da pesca, da aqüicultura e também no turismo, portanto afetando as populações que vivem desses recursos.


Texto desenvolvido por: Thiago Fossile e Jonatas Valler.