Pular para o conteúdo principal

Sistemática

Sistemática, muitos pensam ser algo muito complexo, mas se pararmos para compreendê-la não é tanto assim. Vou expor alguns conceitos e informações quanto a Sistemática que podem ajudar vocês em estudos, trabalhos de escola/graduação, etc.

VAMOS LÁ!!!! 

Primeiro de tudo: Vamos a alguns conceitos:
 
ESPÉCIE: Conjunto de populações naturais, real ou potencialmente intercruzantes, produzindo descendentes férteis e reprodutivamente isolados de outros grupos de organismos. 
 
POPULAÇÃO: Conjunto de indivíduos da mesma espécie que ocorre em uma mesma área geográfica, em um mesmo intervalo de tempo. 

O que é Taxonomia?
Ciência que elabora as leis da classificação.

Quando usar Taxa e Taxon?
Taxa (plural) Taxon (singular) – unidade(s) taxonômica(s) de qualquer hierarquia.  
  Ex.: divisão, família, gêreno, espécie, etc.

AGORA VAMOS A SISTEMÁTICA
 
O QUE É SISTEMÁTICA? 
SISTEMÁTICAcompreende a identificação, a nomenclatura e a classificação de organismos.

Identificação: determinação de um TAXON, como idêntico ou semelhante a outro conhecido;
Nomenclatura: emprego correto dos nomes dos organismos;
Classificação: ordenação dos organismos em um TAXON.
 
 
1ª LEI BINÁRIA ou BINOMIAL:
 
todo ser vivo deverá ter, no mínimo, dois nomes, sendo que o primeiro indica o gênero e o segundo o epíteto específico 


O nome deve ser dado sempre em latim ou termos latinizados;
Ser escrito em letras itálicas ou negrito ou sublinhado;

O nome do gênero é um substantivo, e deve ser escrito sempre com inicial maiúscula;

O nome do epíteto específico é um adjetivo e deve ser escrito sempre com inicial minúscula;
 
quando não se sabe ou não se quer escrever o nome do epíteto específico, mas apenas o do gênero, acrescenta-se “sp.” (singular) ou “spp.” (plural), sem grifá-lo e seguido por ponto;

 se o nome da espécie deriva de nome próprio, sua latinização é feita acrescentando a letra “i” ou  “ii” ao nome masculino e ae para o nome feminino
 

GRUPOS ou CATEGORIAS TAXONÔMICAS
Taxon (singular) – Taxa (plural)

FUNDAMENTAIS: indispensáveis na classificação de um ser vivo. Domínio, Reino, Ramo/Filo/Divisão, Classe, Ordem, Família, Gênero, Espécie.

DERIVADOS: formados a partir dos fundamentais pelo acréscimo de prefixo SUB, SUPER ou INFRA. Superclasse, Superfamília, Subgênero, ...
 
ACESSÓRIOS: usados quando os anteriores não são suficientes. Coorte, Raça, Tribo, Variedade, ...
 
Exemplo de Botânica:
 


E AI O QUE ACHARAM? ESPERO TER AJUDADO! E quero agradecer a prof. Karin por essa aulinha de sistemática hahaha

Comentários

> Mais acessadas

PROTEÍNAS E SUAS ESTRUTURAS: Secundária, Terciária e Quaternária.

As proteínas são as macromoléculas constituídas por unidades, chamadas de aminoácidos, 20 tipos básicos, e concluem cerca de 50% do peso seco das células. Existem diversos tipos de proteínas, sendo essas especializadas em alguma função biológica. A complexidade das proteínas depende da posição e quantidade dos aminoácidos ao longo da sua cadeia, fazendo com que elas de diferenciem uma das outras e assim determinando suas respectivas funções.Os aminoácidos que estão presentes nas proteínas se encadeiam pelas ligações peptídicas. Uma ligação peptídica é a união do grupo amina (-NH2) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) do outro aminoácido, formando uma amida, liberando uma molécula de água.Como as proteínas possuem uma grande variedade de funções são divididas em Estruturais e Dinâmicas.Estruturais: por exemplo, o colágeno e elastina que promovem a sustentação estrutural da célula e dos tecidos;Dinâmicas: transporte (ex: hemoglobina), defesa, catálise de reações…

Principais atividades humanas responsáveis pela emissão de gás carbônico

2ª Jornada Técnica Festa das Flores

Festa das Flores mais uma vez com jornada técnica ... Quem se interessar, segue a programação: