Pular para o conteúdo principal

Assunto em pauta: Dengue

Vamos falar hoje do assunto mais falado no momento, A DENGUE!

Por não ter sintomas específicos, a doença pode ser confundida com várias outras, como leptospirose, sarampo, rubéola. São doenças que provocam febre, prostração, dor de cabeça e dores musculares generalizadas. Um médico consegue, por exames em laboratório, definir a doença e tratá-la corretamente.

Histórico no Brasil

Existem relatos da doença desde meados do século XIX e início do século XX no Brasil, a circulação dos vírus da dengue só foi comprovada laboratorialmente em 1982 em Boa Vista (RR), ficando o país sem notificação de casos por quatro anos.

Mosquito


O mosquito transmissor da dengue, Aedes aegypti, é originário do Egito, na África, e vem se espalhando pelas regiões tropicais e subtropicais do planeta desde o século 16, período das Grandes Navegações.  
Quem contamina é fêmea, pois o macho apenas se alimenta de seivas de plantas. A fêmea precisa de uma substância do sangue (a albumina) para completar o processo de amadurecimento de seus ovos. O mosquito apenas transmite a doença, mas não sofre seus efeitos.


A dengue e o tempo
A idade ideal do mosquito para transmitir a doença é a partir do 30º dia de vida. O Aedes tem um ciclo total de 45 dias.
Uma vez contaminado, o homem demora entre 2 e 15 dias para sentir os sintomas da doença.

Sintomas


99% dos infectados têm febre, que dura cerca de sete dias. Pode ser branda ou muito alta, dependendo do indivíduo e da força do vírus, da virulência.

25% apresentam manchas vermelhas em todo o corpo, as chamadas exantemas. Como o vírus se instala também próximo aos vasos, é comum estes inflamarem e ficarem evidentes na pele.

50% têm prostração, indisposição.

60% têm dor de cabeça.

50% têm dor atrás do olho.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Número de casos de dengue no Brasil aumentou 57,2% neste ano, é o que diz o


Em janeiro foram identificados aproximadamente 41.000 pacientes com a doença. Ano passado no mesmo período o registro era de 26.017 casos.

Este aumento é atribuído, em parte, à crise de água.
Qual a relação? Com a crise de água muitas pessoas armazenam a água em lugares improvisados, portanto, água parada nas casas.

São Paulo é o campeão em número de casos (fazendo a ligação com a crise de água, faz sentido) – 43% do total do país. Mas é o Estado do Acre que tem a maior incidência – aproximadamente 340 casos por 100 mil habitantes.

Embora o número de casos tenha aumentado, não é motivo para tanto alarde, pois o número de casos graves e mortes teve queda, comparado ao ano passado.

O melhor remédio é a prevenção, e para isto o Ministério da Saúde realizou, sábado dia 7 de janeiro, a segunda edição do Dia D a fim de alertar a população sobre as medidas a serem tomadas para evitar criadouros de Aedes aegypti.

Comentários

> Mais acessadas

PROTEÍNAS E SUAS ESTRUTURAS: Secundária, Terciária e Quaternária.

As proteínas são as macromoléculas constituídas por unidades, chamadas de aminoácidos, 20 tipos básicos, e concluem cerca de 50% do peso seco das células. Existem diversos tipos de proteínas, sendo essas especializadas em alguma função biológica. A complexidade das proteínas depende da posição e quantidade dos aminoácidos ao longo da sua cadeia, fazendo com que elas de diferenciem uma das outras e assim determinando suas respectivas funções.Os aminoácidos que estão presentes nas proteínas se encadeiam pelas ligações peptídicas. Uma ligação peptídica é a união do grupo amina (-NH2) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) do outro aminoácido, formando uma amida, liberando uma molécula de água.Como as proteínas possuem uma grande variedade de funções são divididas em Estruturais e Dinâmicas.Estruturais: por exemplo, o colágeno e elastina que promovem a sustentação estrutural da célula e dos tecidos;Dinâmicas: transporte (ex: hemoglobina), defesa, catálise de reações…

Principais atividades humanas responsáveis pela emissão de gás carbônico

2ª Jornada Técnica Festa das Flores

Festa das Flores mais uma vez com jornada técnica ... Quem se interessar, segue a programação: