Pular para o conteúdo principal

CÉLULAS PROCARIONTES




            As células procariontes são encontradas em organismos primitivos (reino monera), como as bactérias, por exemplo. A principal característica comum a todas as células procarióticas é não terem núcleo “completo”: apresenta um nucleóide, ou seja, um falso núcleo, o que não acontece em muitas outras células. Apresentam membrana plasmática e habitualmente é revestida externamente por uma parede celular de composição química complexa. Desse modo, a célula possui uma forma e também possui uma proteção contra arrebentamentos por uma elevada pressão osmótica. Pode-se dividir a parede celular em dois grupos a parede das bactérias gram-positivas e das bactérias gram-negativas. As gram-positivas (que adquirem cor através da coloração de Gram) possuem uma parede espessa e homogênea, ligada e encostada diretamente à face externa da membrana plasmática, portanto não apresenta o espaço periplasmático. Já as gram-negativas (que não adquirem coloração) são formadas por dois folhetos: o folheto interno, constituído por uma camada de mucocomplexo não encostado à membrana e o folheto externo, também designado por membrana externa dada a sua estrutura ser semelhante à de uma membrana unitária. A coesão entre os dois folhetos estabelece-se através de lipoproteínas integradas no folheto externo e ligadas por ligações covalentes a peptidoglicanos. No folheto externo existem ainda canais protéicos através dos quais passa a água e diversos metabolitos.

Teste seu conhecimento:

Comentários

> Mais acessadas

PROTEÍNAS E SUAS ESTRUTURAS: Secundária, Terciária e Quaternária.

As proteínas são as macromoléculas constituídas por unidades, chamadas de aminoácidos, 20 tipos básicos, e concluem cerca de 50% do peso seco das células. Existem diversos tipos de proteínas, sendo essas especializadas em alguma função biológica. A complexidade das proteínas depende da posição e quantidade dos aminoácidos ao longo da sua cadeia, fazendo com que elas de diferenciem uma das outras e assim determinando suas respectivas funções.Os aminoácidos que estão presentes nas proteínas se encadeiam pelas ligações peptídicas. Uma ligação peptídica é a união do grupo amina (-NH2) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) do outro aminoácido, formando uma amida, liberando uma molécula de água.Como as proteínas possuem uma grande variedade de funções são divididas em Estruturais e Dinâmicas.Estruturais: por exemplo, o colágeno e elastina que promovem a sustentação estrutural da célula e dos tecidos;Dinâmicas: transporte (ex: hemoglobina), defesa, catálise de reações…

Principais atividades humanas responsáveis pela emissão de gás carbônico

2ª Jornada Técnica Festa das Flores

Festa das Flores mais uma vez com jornada técnica ... Quem se interessar, segue a programação: