quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Evento de Museologia



No período de 03 a 07 de agosto de 2016 ocorreu no distrito de Nazaré, na cidade de Porto Velho, em Rondônia, a XVII Conferência Internacional do Movimento Internacional para uma Nova Museologia (MINOM). Ali, com a participação ativa da comunidade local, envolvendo dezenas de crianças, jovens, adultos e mais velhos, com pelo menos 140 inscritos, com representantes de cinco países (Argentina, Brasil, Inglaterra, Peru e Portugal) e de oito Unidades Federativas (Bahia, Distrito Federal, Goiás, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo), realizamos uma conferência memorável.
Celebrando a potência de vida, o encontro e o reencontro, a vivência e a convivência, a XVII Conferência Internacional do MINOM foi banhada nas águas da poética, da ética e da política. Durante cinco intensos dias tivemos a oportunidade de refletir e de experimentar o Bem Viver articulado com uma nova Imaginação Museal e com a pegada da Museologia do Afeto, sintonizada com o conceito-ação de fratrimônio, qual seja: o de que é aqui e agora que a herança fraterna é construída, ofertada, recebida e retribuída.
Foi na atmosfera da Memória Acesa e da Saga Beradera, no mormaço de Nazaré, na conversa com o Rio Madeira, com o Igarapé Cura Ressaca e com o Lago do Peixe Boi que, durante a XVII Conferência, foi eleita a nova diretoria do MINOM, composta pelos seguintes nomes:

Presidente
Mario Chagas, Brasil
Vice-presidentes
Marcelle Pereira, Brasil
Mário Moutinho, Portugal
Secretária
Tamara Glas, França
Conselheiros
Michelle Stefano, USA
Robert Heslip, Irlanda do Norte
Pedro Pereira Leite, Portugal
Claudia Storino, Brasil

Seguindo por esse caminho realizo seis movimentos:
1. anuncio a nova diretoria eleita;
2. agradeço o apoio e a confiança da diretoria anterior, especialmente de Paula Assunção (ex-presidente do MINOM);
3. agradeço axs companheirxs que se dispuseram a compor a chapa da diretoria eleita em Nazaré e sinalizo que teremos pela frente um trabalho sintonizado com uma pegada museológica que não tem medo de afetar e de ser afetada;
4. registro que nossa ação estará comprometida com a luta dos movimentos sociais, com a luta feminista e LGBTTT, com o combate aos racismos e aos preconceitos, com a defesa dos direitos humanos e dos direitos da natureza ;
5. convido todxs xs companheirxs e camaradas para construção de um plano de trabalho e de uma pauta coletiva para o MINOM (prazo para envio de propostas: 15 de setembro de 2016).
6. convido todxs xs companheirxs e camaradas para a disseminação ampla e irrestrita do MINOM.

No dia 7 de agosto de 2016, juntos no mesmo barco, navegando sobre o rio Madeira, redigimos a Missiva de Nazaré que em breve será divulgada.

Divulgação a partir de email de Mario Chagas
pela presidência do MINOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário...